IX Congresso Catarinense de Obstetrícia e Ginecologia, IV Congresso Catarinense de Perinatologia

Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

USANDO LIÇOES DE MATEMATICA PARA A EDUCAÇAO SEXUAL DE ADOLESCENTES

Introdução

Este artigo mostra a conexão entre debates sobre educação sexual e aulas de matemática e como estudantes podem aprender com essa disciplina a ser mais saudáveis e criar bem estar acerca de sua vida sexual. Os estudantes que recebem orientações sobre a vida sexual, se previnem mais de doenças sexualmente transmissíveis e conhecem mais sobre metodos de prevenção. O ensino da matemática e outras disciplinas junto à orientação sexual é uma estratégia criativa e que pode ajudar a prevenir doenças entre adolescentes no Brasil e no mundo.

Métodos

Estudo de corte transversal e quantitativo entre estudantes de 11 a 16 anos, do 6º ao 9º periodos do ensino publico fundamental, através de questionarios estruturados, aplicados pré e pós debates em aulas de matemática, sobre cuidados pessoais e educação sexual, após aprovação dos pais.
O estudo foi aprovado pelo Comite de ética em pesquisa.

Resultados

Houve proporção igual de resposta entre os sexos, 78% não haviam iniciado a vida sexual mas 12 % haviam tido sua primeira relação antes dos 12 anos. Antes da aplicação do questionário 30% não usavam condons e depois 15% não o usavam(p<0,025).

Conclusões

A matemática está presente em todos os aspectos da vida dos adolescentes e a introdução de temas como cuidados pessoais. sexualidade e prevenção de ISTs tornou a disciplina mais interessante e mostrou ser uma estratégia pedagógica eficaz para o ensino da saude sexual de adolescentes.

Área

Ginecologia e Obstetrícia

Autores

Jaime Cofre, Lúcio S Macedo, Rodolfo C Braga, Allef V.P.G. Moreira, Gustavo R de Souza, Viviane M Rodrigues, Ricardo Nascimento, Maria Salete M Vieira, Evaldo dos Santos