IX Congresso Catarinense de Obstetrícia e Ginecologia, IV Congresso Catarinense de Perinatologia

Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

USO DE GH NA INDUÇAO DA OVULAÇAO EM PACIENTE JOVEM COM HIPOGONADISMO HIPOGONADOTROFICO

Relato de Caso

E.A.G, 37 anos, feminino, portadora de hipogonadismo hipogonadotrófico (HH). O diagnóstico foi estabelecido aos 21 anos de idade durante investigação de amenorreia secundária, confirmando-se a presença de macroadenoma hipofisário e hipotireoidismo primário associado à tireoidite de Hashimoto. Foi realizada a remoção cirúrgica da lesão por via transesfenoidal, resultando em panhipopituitarismo. Passou a fazer reposição de glicocorticoide, levotiroxina, estrogênio e progesterona. Em 2010, aos 30 anos, manifestou desejo de engravidar e foi encaminhada à clínica de fertilização para induzir a ovulação. Iniciou o tratamento em 2013, utilizando nos dois primeiros ciclos Menotropina, não obtendo resposta ovulatória, sendo esta temporariamente suspensa. Foi iniciado o uso de hormônio de crescimento (GH), que visava aumentar a produção de IGF1 e melhorar a foliculogênese ovariana. Após aproximadamente um ano de terapia com GH, os níveis de IGF1 estavam adequados e reiniciou-se a indução ovariana. Foram realizados cinco ciclos com essa associação de medicamentos, observando-se o fim da dormência folicular, e cerca de de um ano e meio depois desse reinício, obteve-se resultado satisfatório do tratamento com gravidez gemelar confirmada. A gestação seguiu sem intercorrências, com cesariana na 37ª semana, tendo os recém-nascidos pesado 2.560kg e 2450kg e sendo amamentados até os 4 meses. A literatura atual ainda é incipiente no que concerne à indução de ovulação e gravidez bem sucedida numa paciente com HH. Cenário este acreditado pouco provável: deficiência de múltiplos hormônios subsequentes à cirurgia hipofisária, impossibilitando a resposta folicular, ressaltando-se que o uso do GH recombinante contribuiu favoravelmente para a consumação da gravidez.

Área

Ginecologia e Obstetrícia

Autores

Andressa Caroline Alvarez, Anelise Pinheiro Paiva, Ingrid Melo Cordeiro, Marilza Leal Nascimento, Amely Silva Balthazar, Ricardo Nascimento