IX Congresso Catarinense de Obstetrícia e Ginecologia, IV Congresso Catarinense de Perinatologia

Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

RELATO DE CASO: PLACENTA ACRETA EM UMA PACIENTE SEM FATORES DE RISCO.

Relato de Caso

Paciente, 18 anos, G1P0, Idade gestacional 38 semanas e 6 dias, com tratamento inadequado para sífilis na gestação; sem outras intercorrências. Procura pronto atendimento referindo contrações regulares e dor em baixo ventre. Ao exame físico: bom estado geral, BCF 137 bpm, movimentação fetal presente, PA 110x70 mmHg, toque vaginal: colo médio-fino, centralizado, 5 cm de dilatação, cefálico, bolsa íntegra, dinâmica uterina presente. Sendo assim, paciente é internada para assistência ao trabalho de parto. O parto ocorre em tempo adequado, com laceração de 1º grau - suturada. Entretanto, paciente evoluiu com dequitação placentária incompleta e apresentou sangramento uterino aumentado. Realizadas curagem e curetagem uterina, ambas sem sucesso, paciente manteve hemorragia pós-parto; então a mesma é encaminhada para histerectomia puerperal. No transoperatório diagnosticada placenta acreta, procedimento realizado sem intercorrências e material enviado ao anatomopatológico. Paciente evoluiu bem durante a internação, manteve-se estável e obteve alta hospitalar 48 horas após procedimento, amamentando em livre demanda.

Área

Ginecologia e Obstetrícia

Autores

Francine Weinert da Silva, Barbara Wiese, Bruno Wensing Raimann, Pedro Hoffmann Galli, Anicely Preto Tondate, Jean Paulo Griebeler, Isabella de Oliveira, Vanessa Karlinski Vizentin, Gabriela Aparecida Schiefler Gazzoni, Barbara Louise Bozatski