IX Congresso Catarinense de Obstetrícia e Ginecologia, IV Congresso Catarinense de Perinatologia

Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

CANCER DE MAMA TRIPLO NEGATIVO EM GESTANTE DE 20 SEMANAS COM MUTAÇAO BRCA 2.

Relato de Caso

Gestante de 35 anos com idade gestacional de 20 semanas, G4P1A2. Último aborto aos 34 anos por placenta prévia. Encontrado nódulo na mama esquerda no exame clínico e feita punção aspirativa por agulha fina. A citologia revelou células poligonais, com núcleos de volume aumentado, hipercromáticos com moderado pleomorfismo e numerosas mitoses. Realizado biópsia do nódulo e confirmado o diagnóstico de carcinoma ductal invasivo associado a linfonodomegalia axilar e estádio clínico T2N1MO. O exame imunohistoquímico, realizado em parafina com recuperação antigênica baseado em calor, foi negativo para receptores de estrogênio, progesterona e Her2. Sendo positivo para citoqueratina 5/6 (focalmente), antígeno Ki-67 (entre 60-80%) e caderina (difuso). O exame confirmou resultado de carcinoma ductal invasivo e classificação molecular tipo triplo negativo. Devido à baixa idade da paciente, foi solicitado exame genético de sequenciamento que confirmou mutação BRCA 2. Realizou tratamento quimioterápico neoadjuvante durante a gestação e teve leucocitose após administração de rG-CSF (Granullokine). Realizado parto vaginal com 35 semanas e 5 dias. Feto único vivo, vigoroso. Após 3 meses, realizou mastectomia glandular bilateral acompanhada de linfonodos nível 1. Ausência de neoplasia residual após ampla amostragem e linfonodos livres de tecido neoplásico.

Área

Ginecologia e Obstetrícia

Instituições

UNIVERSIDADE DA REGIÃO DE JOINVILLE - Santa Catarina - Brasil

Autores

Julia Silveira Vasconcellos Schmitt, Paulo Victor Zattar Ribeiro, Leonora Zozula Blind Pope, ANDREZA IOLANDA APATI PINTO