IX Congresso Catarinense de Obstetrícia e Ginecologia, IV Congresso Catarinense de Perinatologia

Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

INTERCAMBIO NACIONAL EM OBSTETRICIA - UM RELATO DE EXPERIENCIA

Introdução

O intercâmbio nacional é uma ferramenta que permite a suplementação do ensino da maneira mais prazerosa possível, através da inserção do acadêmico nas atividades práticas em um local fora da sua zona de conforto. Com o objetivo de explorar um ambiente médico diferente, sentir como seria a vivência no campo obstétrico no outro canto do Brasil, escolhi fazer o estágio em Teresina (PI) – cerca de 3 mil km de distância de Florianópolis (SC).

Métodos

O estágio na área de Obstetrícia teve duração de 4 semanas e ocorreu na Maternidade referência de Alto Risco do Estado do Piauí, acompanhando a rotina de assistência ambulatorial (consultas de pré-natal), exames complementares, UTI obstétrica e Centro Obstétrico Superior - COS (área de pré-parto), Centro Cirúrgico –CC e seminários semanais apresentados pelos internos e residentes.

Resultados

A instituição do estágio recebia gestantes classificadas como alto risco, característica que me permitiu contemplar dezenas de casos complexos e desafiantes, o que instiga a pesquisa e o debate entre os profissionais da área e os alunos. Uma das principais diferenças que encontrei foi o grande número de pacientes com pré-eclâmpsia e eclâmpsia, especialmente devido à maternidade ser uma instituição de alto risco, tendo uma concentração de casos desse tipo. De fato, a hipertensão arterial é a principal causa de morte materna direta no país e sua proporção é maior na região Nordeste que na região Sul do Brasil. Além disso, outro ponto inesquecível foi o respeito entre os profissionais e estudantes, sempre abertos e que se apresentaram muito receptivos. Os acadêmicos tinham liberdade para realizar as atividades práticas e recebiam total confiança por parte de seus preceptores para realizá-las, o que me permitiu aproveitar intensamente cada área da maternidade e me apaixonar ainda mais pela arte da obstetrícia.

Conclusões

A realização desse estágio me fez perceber como nosso país é rico de diferenças, e que devemos usar isso ao nosso favor, sempre buscando nos conectar com o que nos é distinto, eliminando os esteriótipos e aproveitando as oportunidades de conhecer o funcionamento da saúde pública em realidades diferentes do mesmo país.

Área

Ginecologia e Obstetrícia

Autores

Thalita Agne dos Santos