IX Congresso Catarinense de Obstetrícia e Ginecologia, IV Congresso Catarinense de Perinatologia

Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

PERCEPÇÃO DA MULHER ACERCA DA VIOLÊNCIA OBSTÉTRICA: UMA REVISÃO INTEGRATIVA

Introdução

A ocorrência de violência obstétrica é um tema que recentemente foi trazido à tona. A experiência do parto é um momento marcante na vida da mulher e é interpretado por cada uma de maneira única. Durante esse acontecimento toda e qualquer ocorrência no atendimento marca profundamente a parturiente, seja positiva ou negativamente. Dentro desse contexto, atitudes que caracterizam violência obstétrica na percepção da mulher devem ser levadas em consideração durante todo o processo de atendimento e acolhimento.

Métodos

O trabalho trata de uma revisão integrativa. A seleção dos artigos foi realizada através do BVS utilizando na pesquisa “violência AND obstétrica”, sendo usados como critérios: textos em língua inglesa, francesa e portuguesa, texto completo disponível e com publicação de até 5 anos da data pesquisada (14/09/2018). Foram encontrados um total de 71 publicações dentro desses critérios. Após a leitura, apenas 15 artigos atendiam à pergunta de pesquisa: “Qual a percepção acerca do parto, por parte das mães, com enfoque na violência obstétrica?”.

Resultados

Durante a leitura dos artigos ficou evidente que a violência obstétrica, em suas diversas formas (institucional, física, sexual, psicológica e verbal), é recorrente e, muitas vezes, velada por parte dos profissionais de saúde e instituições. Dentre os artigos a forma comumente relatada foi a verbal, seja no acolhimento à paciente ou no atendimento.

Conclusões

Evidencia-se a necessidade de um aumento na discussão desse tema, mais trabalhos na área e medidas de prevenção e redução dessa ocorrência.

Área

Ginecologia e Obstetrícia

Instituições

Faculdades Pequeno Príncipe - Parana - Brasil

Autores

Caroline d'Hanens, Carolina Bubna, Kamila Ferreira, Andrea Mora De Marco Novellino